Ética e Direito no pensamento de Henrique de Lima Vaz

João Augusto Mac Dowell

Resumo


O artigo chama a atenção para a contribuição de Henrique de Lima Vaz para a compreensão das relações entre Ética e Direito. Após contextualizar o seu pensamento ético-jurídico no conjunto da obra vaziana, o autor focaliza a problemática fundamental de sua reflexão, ou seja, a busca de uma resposta à crise de valores da sociedade contemporânea. Segundo Lima Vaz, o niilismo ético é conseqüência da rejeição dos fundamentos metafísicos da Ética, o que ocorreu com a virada antropocêntrica da filosofia moderna, expressa no campo ético-jurídico pelo contratualismo. Em contraposição ao imanentismo reinante, ele desenvolve, servindo-se do método dialético hegeliano, um projeto de refundação da Ética, que reassume de maneira original o modelo platônico-aristotélico reformulado pela tradição cristã num sistema de admirável travação, abrangência e profundidade. Na última parte, são explicitadas as íntimas relações entre Ética e Direito à luz do conjunto do sistema.

Palavras-chave


ética; direito; modernidade; metafísica; ethos universal

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Revista Brasileira de Direito Constitucional - RBDC
ISSN: 1678-9547 (impressa) - 1983-2303 (eletrônica)
Escola Superior de Direito Constitucional - ESDC